jusbrasil.com.br
20 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região TRT-11 : 0001935-04.2015.5.11.0007

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Gabinete da Desembargadora Eleonora Saunier Goncalves
Relator
ELEONORA SAUNIER GONCALVES
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DOENÇA OCUPACIONAL. LAUDO PERICIAL. NEXO CAUSAL. DOENÇA OCUPACIONAL. LAUDO PERICIAL. NEXO CAUSAL. RESPONSABILIDADE SUBJETIVA.

Comprovado nos autos, por meio da prova pericial, a existência de nexo causal entre a patologia do ombro direito da autora e as atividades profissionais laborais que desenvolvia na reclamada, concluído o enquadramento como doença ocupacional, ante a inexistência de provas robustas em sentido contrário. Demonstrada a culpa do empregador, impõe-se a obrigação de responder pelos danos morais e o pagamento de indenização estabilitária.
Disponível em: https://trt-11.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/407082591/19350420155110007

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região TRT-11 : 0001935-04.2015.5.11.0007

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região
Jurisprudênciahá 8 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - Recurso Ordinário : RO 01309001120095010032 RJ

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região
Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - Recurso Ordinário : RO 0001316-12.2012.5.01.0281 RJ